Seu navegador não suporta javascript!

Programa Avançar Parcerias

Terminal de Veículos no Porto de Paranaguá/PR - (PAR12)

Terminal de Veículos no Porto de Paranaguá/PR - (PAR12) 

Home > Projetos > Terminal de Veículos no Porto de Paranaguá/PR - (PAR12)

Andamento do projeto

 

Estudos

Consulta Pública

Acórdão TCU

Edital

Leilão

Contrato

1º Trimestre de 2018 (previsão)
2º Trimestre de 2018 (previsão)
  • Concluído
  • Em andamento
  • A realizar

Newsletter

Cadastre seu e-mail para receber informações dos projetos de (Portos)

  • CLASSIFICAÇÃO POR REUNIÃO

    2ª Reunião

  • SETOR

    Portos

  • TIPO DE ATIVO

    Ativo Novo

  • MODELO

    Arrendamento

  • CAPACIDADE

    300 mil unidades/ano (veículos)

  • INVESTIMENTO

    R$ 80,1 milhões

  • ÓRGÃOS ENVOLVIDOS

    ANTAQ, MTPA, EPL, APPA

  • PRAZO

    25 anos

  • CRITÉRIO DE LEILÃO

    Maior Outorga

  • FASE ATUAL

    Preparação para a publicação do Edital

Informações do projeto

Terminal PAR 12

O arrendamento do Terminal PAR 12, no Porto de Paranaguá/PR, foi qualificado no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) durante a 2º Reunião do Conselho do PPI, realizada no dia 07 de março de 2017. Ao integrar o PPI, na modalidade arrendamento, o processo envolveu órgãos e instituições parceiras como: a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPA) e a Empresa de Planejamento e Logística (EPL). Entre esses, destaca-se o MTPA, que atua na qualidade de poder concedente do projeto.

O objetivo do projeto é a construção e operação de terminal portuário para movimentação de carga geral (veículos e suas partes) no Porto de Paranaguá (PAR 12). A área em que será instalado o arrendamento é caracterizada como greenfield de aproximadamente 170,2 mil m², localizada na retaguarda do Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP) - em área adjacente ao terminal arrendado à Volkswagen.

As estatísticas da Administração Portuária dos Portos de Paranaguá e Antoniana (APPA), sobre movimentações no Porto, têm refletido a crise cujo setor automobilístico enfrenta. A  movimentação caiu de 230 mil unidades em 2010 (auge do setor) para 82 mil unidades em 2015. Entretanto, com base em análises de demanda e capacidade para o Porto, algumas alternativas de expansão de infraestrutura foram identificadas como necessárias para superar déficits de movimentação de cargas como veículos.

No Brasil, os veículos são movimentados em sua totalidade como carga geral. Em 2014, a movimentação aconteceu somente no sentido de longo curso (tanto de importação quanto de exportação). Porém, estima-se que a movimentação de veículos por cabotagem chegue ao patamar de 179 mil toneladas ao final do período (2042). Com relação aos países importadores, a Argentina e o México são os principais consumidores de veículos produzidos no Brasil - responsáveis por 59% e 10% das exportações brasileiras, respectivamente. O estado de São Paulo é responsável por 45% dos veículos exportados, seguido de Minas Gerais (14%), Paraná (11%) e Rio de Janeiro (11%).

O empreendimento proposto elevará o nível do serviço no Porto de Paranaguá para o segmento de carga geral. A obra implicará maior movimentação de cargas, criando, no mínimo, 40 empregos diretos. Nesse contexto, fica claro que o projeto tem alta prioridade na agenda governamental. Entre os desafios que justificam a parceria entre os setores, pode-se destacar a necessidade de oferecer mais segurança jurídica e previsibilidade à iniciativa privada. Isso vai estimular investimentos, ampliar terminais, bem como, melhorar a eficiência operacional e competitividade dos portos nacionais.

Será necessário investir R$ 72 milhões em pavimentação da área e edificações de apoio. Esses investimentos devem garantir uma capacidade dinâmica de 300 mil unidades/ano. A obra trará maior movimentação de cargas para o Porto.
 

  • Situação atual do projeto

    Os estudos de viabilidade foram concluídos.
     
    A ANTAQ concluiu a consulta pública em 24 de julho de 2017. Mais informações na página ofical da ANTAQ.
     
    O projeto foi provado pelo TCU em sessão plenária no dia 24/01/2018. Acordão 122/2018 publicado no DOU 06/02/2018. 

     

Galeria

Terminal de Veículos no Porto de Paranaguá/PR - (PAR12)

Terminal de Veículos no Porto de Paranaguá/PR - (PAR12)

Ver outros projetos

  • Terminal de Combustíveis no Porto de Santarém/PA - (STM04)

    Veja Projeto
  • EFVM – Estrada de Ferro Vitória a Minas Gerais

    Veja Projeto